Instituto Diagnóstico da Mulher

Tratamentos

Endometriose

A endometriose é definida pela ocorrência de implantes de tecido endometrial fora do útero. Isto induz uma reação inflamatória crônica.

O endométrio é a camada que reveste internamente a cavidade uterina e é renovado mensalmente por meio da descamação durante o fluxo menstrual.

A etiologia (orígem) da endometriose é desconhecida e provavelmente multifatorial, embora uma teoria amplamente aceita seja explicado pelos implantes de endométrio através de menstruação retrógrada.

A doença pode acometer também os ovários, as trompas de falópio e outros órgãos como o intestino e a bexiga. As células endométriais ectópicas (fora do seu lugar), funcionarão de forma semelhante as que estão revestindo o útero por dentro (endométrio), isso quer dizer que elas vão sangrar no período menstrual ocasionando inflamação local podendo gerar dor, aderências sendo responsáveis por grande parte dos sintomas da doença.

endometriose pode ser assintomática, isto é, não apesenta sintomasPorém, a maioria das mulheres com endometriose sente dor pélvica, dismenorreia(cólicas menstruais), dispareunia (dores na atividade sexual), sintomas vesicais (bexiga), intestinais além de infertilidade.

Endometriose e Infertilidade

A hipótese que a endometriose leva a mulher a infertilidade se mantém controversa. Apesar de muitos estudos demonstrarem a associação de endometriose e infertilidade, uma relação causal ainda não foi bem estabelecida.

Todavia endometriose pode causar aderências e ou distorsão da anatomia pélvica podendo contribuir para infertilidade.

A prevalência de endometriose na população feminina é dificil de avaliar, porém estudos referem, endometriose em 1% a 7% em mulheres submetidas a ligadura tubária, em 9% a 50% nas mulheres inférteis submetidas a Videolaparoscopia, em 30% ta 80% de mulheres com dor pélvica crônica (cólicas menstruais).

O tratamento da endometriose em pacientes inférteis  leva a uma serie de questões complexas

Se endometriose causasse infertilidade seria de esperar que seu tratamento clinico aumentasse as taxas de gravidez, porém isso não acontece.

A cirurgia para tratamento da endometriose graus III e IV pode melhorar a anatomia pélvica liberando as aderências e tendo com isso algum impacto positivo na fecundidade.

Condutas:

Pacientes que não desejam engravidar ou aquelas que não desejam engravidar naquele momento:

Cirurgia, medicamentos,endoceptivos e implantes,

Aquelas que desejam engravidar

Tem menos de 34 anos – Avaliação da fecundidade do casal, se normal indução das ovulações IIU ou FIV

Aquelas com mais de de 35 anos: FIV


» Listar todas